Arquitetura e Design

11 características essenciais que todo apartamento de luxo deve ter

Apesar da crise econômica enfrentada pelo Brasil, o mercado de imóveis de luxo continua aquecido no país. A procura por residências de alto padrão aumentou, principalmente, com as novidades tecnológicas apresentadas pelas construtoras. No entanto, para que um apartamento de luxo receba esse título, é preciso atender a diversos critérios.

Além de uma localização privilegiada, outros aspectos interferem nessa definição, como arquitetos renomados, equipamentos modernos, acabamentos de alta qualidade e outros. A seguir, mostramos as características essenciais que todo apartamento de luxo deve ter. Confira!

1. Melhores localizações

A valorização de uma residência está pautada, principalmente, na localidade. Uma boa vizinhança precisa rodear o apartamento. A tradição do bairro, a presença de parques e áreas arborizadas, a manutenção do prédio e a proximidade com centros comerciais de luxo são pontos levados em consideração na hora de se definir uma moradia como nobre.

2. Acabamento de alto padrão

O luxo também está nos detalhes. Logo, o acabamento diferenciado e de alta qualidade é um requisito básico para um apartamento ser considerado de alto padrão. Materiais finos, como mármore, ônix, madeiras nobres — angelim, nogal, sucupira etc. —, porcelanatos, granito, aço cromado são alguns exemplos.

O design e a forma como os itens são dispostos também valorizam o ambiente. Afinal, o morador deve sentir que o investimento valeu a pena. Além disso, um fator importante é a durabilidade do material utilizado, que deve ter uma vida útil superior a de produtos de residências comuns.

3. Projeto de iluminação

Por falar em detalhes, os projetos de luxo valorizam bastante a iluminação do ambiente. Quando realizado de modo adequado, um trabalho de iluminação traz sofisticação e aconchego ao espaço.

Para isso, o projeto deve prezar pela disposição correta de lustres, spots de luz, arandelas e outros elementos. Os empreendimentos de luxo prezam por essa decoração com a luz, tanto interna quanto externamente —  em jardins, piscinas, áreas de lazer, espaços gourmet, halls e outros locais.

4. Planta inteligente

Morar em um apartamento de luxo é sinônimo de requinte, conforto e exclusividade. Tudo isso deve ser identificado ainda na pesquisa sobre o imóvel — e uma planta inteligente auxilia a visualização de todos esses diferenciais.

Dessa forma, é possível ter uma noção do espaço com as opções de decoração disponibilizadas pela construtora. A ideia é oferecer ao comprador a visão de como será o apartamento, para que ele tenha a sensação de que aquela é a casa certa para a sua família. Outra vantagem desse tipo de planta é a possibilidade de personalização de acordo com as necessidades e preferências dos moradores.

5. Assinatura de um arquiteto de renome

Assim como no mundo da moda, a exclusividade e a alta qualidade são fundamentais para se identificar um apartamento de luxo. Outro detalhe em comum é o renome do profissional por detrás do modelo.

Um prédio luxuoso, geralmente, é projetado por arquitetos famosos no mundo da construção. Alguns empreendimentos, inclusive, fazem associações com nomes de fama internacional — como é o caso do Cyrela by Pininfarina, que conta com a assinatura de um escritório responsável por importantes projetos reconhecidos por seu design.

6. Ótima área de lazer

Empreendimentos requintados possuem mais do que uma piscina e um playground para crianças. Eles estão cercados de regalias por toda a parte — o que inclui SPAs, áreas gourmet, quadras de esportes (tênis, squash, vôlei etc), sauna, salões de festa e de jogos e academia.

Além disso, prédios de luxo possuem projetos paisagísticos que promovem bem-estar para o morador. Vale ressaltar que esses espaços comuns, por oferecerem equipamentos de última geração, são tão luxuosos quanto o interior dos apartamentos.

7. Alto padrão de segurança

A segurança é uma das maiores preocupações da atualidade. Por essa razão, um prédio de luxo deve oferecer serviços diferenciados para garantir a integridade de seus moradores.

Identificação por biometria, seguranças altamente treinados, câmeras de visualização a distância, sistemas de alarmes modernos, elevadores com senha e uso de drones são apenas alguns dos diferenciais em segurança oferecidos em edifícios de alto padrão.

8. Infraestrutura de serviços

Uma tendência crescente em imóveis nobres — e que tem agradado moradores e futuros compradores — é a oferta de serviços que facilitam o dia a dia de moradores e visitantes.

Alguns empreendimentos contam com um profissional de Facility Manager e com a oferta de comodidades, como personal trainer, diaristas, cozinheiros e massagistas. Além disso, em alguns condomínios existem lojas, restaurantes e mercearias. Assim, os residentes nem precisam sair do conforto do lar para terem acesso a essas facilidades.

9. Tecnologia avançada no apartamento

Como dissemos, a tecnologia é uma grande responsável por definir um apartamento de luxo. Quanto mais avançada, melhor para o morador.  Hoje, temos imóveis que podem ser controlados pelo celular.

A automação residencial inclui ativação de alarme, abertura e fechamento de portas e janelas, acionamento de luzes, bloqueio de senhas de entrada, acompanhamento das câmeras de segurança da residência e do entorno.

10. Privacidade

A privacidade também é bastante valorizada nos imóveis luxuosos. Por isso, algumas características marcantes nesses empreendimentos são o isolamento acústico, muros altos, câmeras de segurança e sensores de presença.

Além disso, existem apartamentos com elevadores particulares e áreas privativas com sauna, piscina e academia. Ou seja, se o comprador quer ter conforto e lazer com maior privacidade, há a opção de unidades com equipamentos individuais e espaços privados.

11. Ambientes otimizados

Antigamente, a metragem era um fator significativo para a identificação de um imóvel de luxo. Hoje, porém, existem lofts considerados de alto padrão e que possuem menos de 50 m2.

Por essa razão, uma característica importante é a otimização e o aproveitamento do espaço. O consumidor moderno gosta de ambientes funcionais, criativos e com móveis e equipamentos bem distribuídos, que atendem às necessidades de todos com o conforto necessário.

Como foi possível perceber, ao longo do post, para que um apartamento seja considerado de luxo é preciso unir dois fatores importantes em todos os aspectos: alta qualidade e modernidade. É essa junção que traz o diferencial para a residência.

Para acompanhar mais artigos como este e conferir novidades e inovações em empreendimentos de luxo, curta a nossa página no Facebook!

1 comentário

O que você achou dessa matéria?