fbpx

Closet de vidro: um detalhe que vai revolucionar seu quarto

O closet de vidro é um modelo diferenciado que tem aparecido bastante nas propostas de arquitetura de residências. 

As características desse ambiente surpreendem. Sua estética é mesmo peculiar; e, de certo modo, também pode ser reproduzida em cômodos menores, ou seja, em closets mais compactos. 

Iara Kilaris

Antes de tudo, vamos tentar esclarecer o que é closet.

Bem, a maioria das casas brasileiras tem sua configuração de quartos com armários comuns para guardar roupas. 

Mas em residências norte-americanas, por exemplo, os quartos costumam ter acesso a outro ambiente menor, mas também ventilado, próprio para guardar roupas, que é o closet.

Nesses imóveis também é comum haver um “walking in closet”, com acesso direto a um corredor de circulação ou hall de entrada. Todos são espaços muito úteis e que servem para guardar os pertences mais pessoais da família.

Já aqui, no Brasil, têm surgido propostas de casas com planta baixa mais flexível, que oferecem um espaço reservado e totalmente fechado dentro da área dos próprios quartos para a criação de closet. 

Alguns apresentam armários formando desenhos em ‘L’ ou ‘U’, podendo ou não ser passagem de acesso para um banheiro privativo.

Revista Viva Decora
SQ+ Arquitetos Associados e Revista Viva Decora

A arquitetura e a decoração dos closets brasileiros também possuem outras particularidades. Enquanto os closets americanos são abertos para os quartos e possuem estruturas em aramado metálico, os closets brasileiros costumam ser fechados para os quartos e possuem estruturas quase sempre feitas de madeira – ou até mesmo em alvenaria e gesso acartonado.

O que tem de diferente em um closet de vidro?

Por que será que um ambiente de closet seria chamado de closet de vidro? Bem, tudo tem a ver com a sua arquitetura. 

Um closet comum possui um fechamento externo de alvenaria; o closet de vidro pode ter o seu fechamento feito de vidro temperado laminado. 

Assim, seu interior pode ser visto pelo lado de fora, ou seja, visto do quarto.

Muitas das lâminas de vidro utilizadas são transparentes, mas em algumas propostas vê-se a utilização de vidros de outras tonalidades, como o fumê.

João Armentano
Revista Viva Decora

E toda essa estrutura transparente em torno das roupas tem o seu lado bom e ruim.

Esteticamente falando, isto pode deixar a decoração do quarto muito mais atraente. É uma forma bem charmosa de expor aqueles elementos de vestuário que a pessoa tanto tem orgulho de ter conquistado. Por exemplo: bolsas de grife, sapatos da moda, vestidos de gala e muito mais. 

Por outro lado, pode revelar facilmente aquela pequena bagunça deixada pela correria do dia a dia. Então, é preciso estar sempre atento à organização desses armários para que os mesmos não comprometam a decoração do quarto ou a decoração do próprio closet.

Por isso, em muitos casos, os designers propõem que se faça um mix de materiais nas estruturas dos armários dos closets. 

Ou seja, com partes transparentes, revelando as peças de roupa em seu interior – geralmente nas zonas dos cabideiros e prateleiras -, e partes fechadas, ocultando algumas peças em seu interior – como é o caso das zonas de gaveteiro.

SharonFliter Arquitetura e Interiores e Revista Viva Decora
Revista Viva Decora e Andrea Bento

Dicas para ter um closet de vidro sempre impecável

A arquitetura dos closets de vidro é mesmo surpreendente e sua decoração também não precisa ficar para trás. E geralmente, para enfatizar essa ideia de requinte, trabalha-se no local com peças bastante luxuosas.

Por exemplo, é comum ter no ambiente a instalação de lustres e pendentes com pingentes de cristal. Além disso, tapetes finos (como os persas), arranjos de flores, poltronas assinadas por designers famosos e caixas organizadoras de tecido.

Lembrando que, nesse caso, alguns acessórios de vestuários, como bolsas e chapéus, também podem servir de ornamentação.

Revista Viva Decora
Idealizzare Arquitetos e Revista Viva Decora

Então, para que o visual desse ambiente realmente fique perfeito, é necessário não apenas que o acabamento dos armários seja bem feito, como também a organização das peças de vestuário em seu interior.

Pode-se criar um sistema de ordenação por tamanho ou por cores para as roupas – tipo degradê. E também vale a pena investir naquelas peças de cabides com design mais bonito – por exemplo, com estruturas metalizadas em rose gold ou dourado e também revestidas com espuma e tecido estampado.

Ademais, deve-se ter uma preocupação rigorosa com a limpeza dos vidros. A pior coisa que poderia comprometer o visual do ambiente seriam aquelas marcas de dedos nas portas. 

Isso pode ser facilmente retirado com um pano umedecido com água e vinagre – mas sem álcool, para não danificar as roupas. E, no momento seguinte, esfregando suavemente a superfície com folha de jornal. Pronto, todas as manchinhas terão sumido.

Revista Viva Decora

Se o seu closet de casa é compacto, você pode se valer da estratégia da arquitetura de vidro, com portas de correr do chão ao teto, para fazer com que esse espaço pareça mais amplo. 

Já pensou em fazer essa remodelação? Seu quarto vai ganhar uma dinâmica totalmente nova! 

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.