Seu Imóvel

Cuba para banheiro: conheça os tipos e saiba como escolher o modelo ideal

29/07/2019
cuba para banheiro

Após adquirir o tão desejado apartamento, a hora mais esperada por muitos moradores fica cada vez mais próxima: a de fazer com que o espaço ganhe estilo e personalidade. E uma das maneiras de garantir esse efeito é, sem dúvida, com a cuba para banheiro. Isso mesmo!

Em linhas gerais, esse móvel consiste em uma versão moderna da tradicional pia. A diferença é que a sua estrutura poderá ser projetada externamente e ser embutida ou apoiada em outras estruturas, como é o caso dos gabinetes, armários ou bancadas de madeira. Assim, além de garantir um visual moderno e estiloso para o cômodo, os moradores poderão realizar as suas atividades com total conforto e praticidade. 

Mas será que você, de fato, sabe como escolher tal elemento e acertar em cheio na sua decisão? Para ajudá-lo, trouxemos para este post um compilado de dicas. Anote todas elas e garanta um banheiro impecável!

Confira os principais tipos de cuba para banheiro

Antes de escolher a sua cuba para banheiro, é importante conhecer os tipos disponíveis no mercado. Aqui, vamos destacar três modelos, e a sua única missão será definir qual deles melhor supre as necessidades da sua família e combina com a decoração do ambiente.

Ah, lembre-se: caso você tenha adquirido seu Cyrela antes do fim do prazo da personalização do imóvel, você pode escolher qual modelo prefere para a sua unidade, desde que conste nas opções disponíveis para o seu apartamento. Veja!

Embutida

A cuba embutida, como o nome já revela, é um modelo que deve ser embutido em uma outra estrutura — seja de pedra, seja de madeira. A peça é instalada completamente por baixo do móvel, permitindo que o acabamento seja concluído por meio da marcenaria ou marmoraria. 

É uma opção econômica e indicada para quem tem o costume de molhar bastante a bancada na hora de escovar os dentes ou lavar o rosto. Isso porque a versão permite que a água seja retirada da superfície com mais facilidade. Vale lembrar que esse tipo de cuba não conta com espaço suficiente para instalar uma torneira, sendo preciso fixá-la no próprio tampão. 

De apoio

Conhecida como cuba de semiencaixe, essa peça fica com apenas uma parte encaixada no móvel, enquanto o restante se mantém para fora. Os seus formatos também podem variar entre as versões redondas, ovais ou retangulares.

A grande vantagem, é que o móvel de apoio precisa ter somente uma profundidade de 3 centímetros, funcionando apenas como um apoio para a cerâmica. Já em relação à torneira, a dica é investir em instalações na parede ou em modelos que sejam mais altos do que a própria cuba. 

Esculpida

Tendência no universo do design, a cuba esculpida tem a sua estrutura toda desenvolvida a partir de um único material, dispensando o uso de bancada ou de uma base de apoio. Entre os produtos mais utilizados para produzir a peça estão o granito, o nanoglass, o mármore, a madeira silestone e o porcelanato. 

Ao investir no modelo, você terá em casa um objeto prático, visualmente confortável e capaz de harmonizar facilmente com qualquer estilo de decoração. Essa também é uma excelente alternativa para banheiros ou lavabos pequenos.

A desvantagem é que essa opção não permite a instalação de gabinetes na parte inferior. Portanto, se você está em busca de uma alternativa para armazenar os itens de higiene, talvez essa não seja a melhor opção. Outro ponto que merece destaque é que você precisará desenvolver uma tampa removível para o móvel. Esse cuidado é ideal para evitar o acúmulo de limo e o surgimento de cheiros desagradáveis.

Escolha o melhor modelo para o seu espaço

Ainda em dúvida sobre qual opção escolher? Então, vamos ajudar. Caso você esteja em busca de um modelo para o seu lavabo de visitas, que é um espaço com uso esporádico, a recomendação é optar pela cuba esculpida em mármore — um material que exigirá uma manutenção bem detalhada e cuidadosa. Por outro lado, os banheiros de uso contínuo podem contar com peças em cerâmica e, de preferência, nos modelos ovais ou arredondados, que acumulam menos sujeira nas bordas. 

Depois de identificar a alternativa ideal da sua cuba para banheiro, é o momento de analisar o valor da peça. Até porque, economizar é bom e todo mundo gosta, não é mesmo? De todas, a mais econômica é a tradicional cuba embutida, uma vez que o seu acabamento pode ser finalizado com armários ou gabinetes.

Em contraponto, as versões esculpidas tendem a ser mais caras, mas isso dependerá, unicamente, dos materiais escolhidos para moldar a peça. Se você optar pelo nanoglass, por exemplo, considere preparar o bolso!

Agora que você já sabe como escolher a cuba para banheiro ideal, que tal aproveitar a visita e conferir outro post exclusivo? Separamos um incrível e repleto de dicas sobre decoração moderna. Aproveite!

Você também pode gostar