fbpx

Decoração afetiva: elementos essenciais e práticas

Decorar uma residência é uma tarefa que exige escolhas, de modo que o local fique o mais bonito e confortável possível. Entre as possibilidades, a decoração afetiva pode ser uma excelente alternativa. 

Para conseguir implementar o estilo com sucesso, é importante seguir algumas das principais características dele, que preza de forma especial pela personalização dos ambientes. 

A decoração afetiva traz para dentro dos ambientes os itens que proporcionam boas lembranças e memórias, o que vai não apenas garantir maior aconchego no lar como também uma identificação profunda com cada área. 

Assim, uma impressão em madeira que foi recebida em um determinado momento da vida pode ser aplicada como um item decorativo de grande valor, o que deixa o clima da casa muito mais pessoal e saudosista. 

Se você reconhece que a decoração afetiva pode ser uma possibilidade interessante para a sua residência, este artigo é para você. Por isso, siga na leitura deste conteúdo e saiba mais sobre o assunto. 

O que é a decoração afetiva e qual a sua importância?

A decoração afetiva tem grande ligação com a psicologia, uma vez que ela é composta por itens que remetem a diferentes circunstâncias vividas em outros períodos da vida. 

Assim, ela desperta certos momentos de introspecção, que trazem sensações de diferentes ocasiões para o presente, tornando o lar muito mais aconchegante e pessoal, mostrando a sua importância para quem vai morar no local. 

Justamente por isso, entre os principais artigos que podem compor um cenário afetivo dentro da sua casa, é possível mencionar:

  • Artigos de coleção;
  • Álbuns e fotos;
  • Mobília antiga;
  • Obras de arte.

Nesse caso, tanto uma coleção de carrinhos da infância, quanto as fotos de família, os móveis modulados que eram dos avós e algumas obras de arte são capazes de compor uma decoração afetiva com sucesso. 

Sendo assim, nada mais interessante do que buscar esses itens e apostar na distribuição deles dentro de uma decoração diferenciada e acolhedora.

Como fazer uma decoração afetiva

Não há restrições quanto ao que pode ser utilizado em uma decoração afetiva. Afinal, cada item, por menor ou maior que seja, pode ter uma determinada situação atrelada a ele, o que despertará boas recordações. 

Porém, é comum que alguns objetos ou mobílias tragam essas lembranças mais facilmente e, por isso, podem ser usados com maior frequência. Confira algumas a seguir. 

1. Móveis herdados

É verdade que os móveis hoje possuem designs bastante modernos e sofisticados, mas as mobílias antigas sempre trazem recordações da infância na casa de parentes. Além disso, são de melhor qualidade, como qualquer item encontrado em um antiquário. 

Nesse caso, se você herdou móveis de familiares próximos, a sugestão é utilizá-los na decoração afetiva da sua casa, trazendo um pouco dos seus antepassados para o lar. 

2. Lembranças de viagens ou de ocasiões especiais

Quem viaja sempre costuma trazer um artigo como lembrança dos locais em que esteve. Sejam canecas, chaveiros, imãs de geladeira ou quadros, é possível implementá-los dentro da decoração afetiva com sucesso. 

Além disso, para quem já se formou ou possui diferentes certificados de qualificação profissional, o uso de placas de homenagem pela casa traz boas memórias, além de proporcionar maior satisfação pelas conquistas pessoais. 

3. Fotos e imagens

Nada mais afetivo do que usar fotos em casa, não é mesmo? Sendo assim, selecionar imagens de diferentes períodos da vida, desde a infância até o momento atual, é fundamental. 

Escolher fotos com familiares e montar um mural é, sem dúvida, uma maneira de acertar na decoração afetiva. 

Outra forma de decorar, unindo o design moderno com as boas lembranças, é apostar na impressão de capas de almofadas personalizadas, podendo montar visuais bastante interessantes e modelos personalizados para a sua casa. 

4. Louças

As louças também ganham um espaço especial na decoração afetiva. Elas podem ter sido herdadas de parentes ou mesmo compradas em épocas especiais, como na primeira residência da família. 

Assim, dar um espaço especial para elas na ornamentação da sua residência é interessante, de modo que ao serem vistas no dia a dia despertem sensações de outras ocasiões já vividas pelos moradores da sua casa. 

Decidir quais elementos vão compor a decoração da sua residência nem sempre é uma tarefa simples. Por isso, optar por um estilo decorativo é o primeiro passo, e a escolha pelo afetivo pode trazer boas surpresas para o seu lar. 

Sendo assim, se você valoriza o seu passado e gosta de manter um contato constante com ele, não deixe de investir nesse tipo de decoração e construa um lar aconchegante com facilidade. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.