Arquitetura e DesignTecnologia

Decoração e tecnologia: o que elas têm em comum?

21/03/2019
Decoração e tecnologia: o que elas têm em comum?

Quem nunca sonhou em morar na casa dos Jetsons – personagens da série produzida pelo estúdio Hanna-Barbera – quando era criança?

Ou então poder viver na casa dos anos 2000 de Marty MacFly – personagem do filme “De Volta para o Futuro”? Bem, esta é uma realidade que, ano após ano, parece mais possível para aqueles que trabalham na área de decoração de interiores.

O impacto das novas tecnologias na vida das pessoas

Atualmente, tem-se nas residências – mesmo nas mais simples – aparelhos tecnológicos que os antepassados jamais sonharam que um dia iria existir.

E isso é algo que é renovado a cada dia, porque os materiais e os sistemas são constantemente aprimorados. E não é só por uma questão de consumo, mas uma resposta dos fabricantes às mudanças de gostos e de necessidades das próprias pessoas.

Hoje, é quase impossível imaginar como enfrentar os desafios do dia a dia sem um computador ou aparelho de celular. Muita gente não sabe relaxar em casa longe de uma televisão.

Cozinhar se tornou mais fácil com os a ajuda de um cooktop, forno elétrico, micro-ondas e mais. O banho ficou mais gostoso com uma super ducha. E o sono com a refrigeração feita por um ar-condicionado.

A pergunta que fica é se todas essas novas tecnologias podem comprometer a decoração dos interiores. E a respostas dos projetistas parece ser que não.

De fato, é um desafio muito grande, porém necessário, compor ambientes com todos aqueles elementos tradicionais de que as pessoas tanto apreciam. E ao mesmo tempo adicionar aos espaços da casa estas novas invenções.

Os itens mais tecnológicos que não podem faltar num apartamento moderno

Da entrada ao banheiro, todos os ambientes de um apartamento moderno vão apresentar um detalhe e outro de tecnologia, isso é inevitável.

Casas modernas vão muito além do interfone, tomadas com regulador de intensidade e entrada de USB, pequenas centrais de internet e câmeras de segurança. Elas também possuem projetores de imagem e de luz, amplificadores de som, torneiras com difusor, depuradores e renovadores de ar, sensores de fumaça e mais. Muitos de seus aparelhos elétricos são conectados à rede Wi-Fi. Resumindo, é o que se chama de casa inteligente!

A revolução tecnológica para a decoração de interiores nem mesmo para por aí. Itens já velhos conhecidos das pessoas têm sido modificados para atender, justamente, às novas demandas do mercado. Isso vale tanto para objetos maiores, como fogões e geladeiras, quanto para menores, como fechaduras de portas.

São recursos que os projetistas devem saber usar sabiamente e não esconder na decoração.

Por que decoração de interiores e alta tecnologia estão atreladas?

Em muitas propostas de interiores, vê-se um esforço enorme dos projetistas – buscando atender as especificações dos clientes – em esconder tecnologia.

Realmente, residências em estilo campestre, clássico ou praiano parecem não combinar mesmo com a ideia que se tem de futuro. Só que este é um pensamento equivocado.

Arquitetos, engenheiros, designers e decoradores têm aprendido que as tecnologias mais contribuem do que prejudicam seus trabalhos. Graças a elas é que muitos problemas de projetos são facilmente resolvidos. E muito além dos aparelhos e equipamentos eletrônicos, as pesquisas contemporâneas têm avançado na melhoria de materiais e sistemas de construção.

Os resultados dos testes permitiram, por exemplo, que as empresas fabricassem janelas e portas à prova de furacões. Chapas de vidro e policarbonato resistentes a variações de temperatura. Pisos de madeira e porcelana melhores protegidos contra riscos. Cimentos maleáveis, que não trincam ou que se auto curam. Móveis em MDF que não danificam em contato com vapor de água. Placas que geram energias renováveis para casa. E mais.

Percebeu como a tecnologia está por toda parte? Em como ela está presente na decoração de interiores?

Por isso, quando for decorar sua casa, não esqueça de tirar o máximo proveito dessa parceira da decoração de interiores, a tecnologia!

Estas dicas para unir tecnologia e decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

 

Você também pode gostar