fbpx
DICAS

4 dicas de chef de cozinha para fazer um jantar em casa

10/11/2020
dicas de chefe de cozinha

Você é daquelas pessoas que adora receber os amigos e familiares em casa? Então, veio ao lugar certo! Neste post, vamos contar algumas dicas de chefe de cozinha para caprichar o seu cardápio e render momentos incríveis a todos os convidados.

A escolha do menu que será servido é um dos pontos mais fortes de uma recepção. A partir dela, conseguimos envolver os participantes, criando momentos especiais e lembranças. Mas antes de começar é preciso seguir alguns passos básicos, como traçar um bom planejamento, deixar a sala de jantar aconchegante e, até mesmo, escolher um tema decorativo para esse encontro.

Abaixo, contaremos tudo sobre o assunto. Para ficar por dentro, continue acompanhando a leitura e anote essas sugestões exclusivas aos anfitriões mais atualizados!

1. Considere um jantar temático

Para começar as nossas dicas de chefe de cozinha, que tal preparar um jantar temático? Isso mesmo! Em vez de organizar uma recepção comum, você pode elaborar um encontro pautado por temas decorativos específicos.

Um bom exemplo disso é organizar um jantar com decoração e cardápio inspirados nas culinárias de outros países. Essa é uma ótima solução para quem deseja matar a saudade de diferentes destinos, experimentando comidas de rua, pratos tradicionais e até outras opções exóticas.

Ainda sem opções de recepções temáticas? Sem problemas! Selecionamos algumas alternativas incríveis. Anote:

  • jantar mexicano;
  • jantar italiano;
  • jantar francês;
  • churrasco americano;
  • happy hour com pratos argentinos.

2. Planeje com certa antecedência

Sem um bom planejamento, a sua recepção pode ir por água abaixo. Ao receber os convidados em casa, é essencial se decidir com antecedência a respeito dos pratos que serão servidos e da produção que o seu lar vai receber.

Esse também é um bom momento para misturar música e gastronomia e criar uma seleção incrível para o encontro.

Ao ter esses cuidados, evita-se cair na cilada de oferecer refeições simples demais e que, nitidamente, foram improvisadas. Nessa etapa, é sempre bom considerar alguns pontos importantes. São eles:

  • o número de pessoas convidadas;
  • o tipo de recepção: jantar ou happy hour;
  • o tema do encontro;
  • os pratos que serão servidos;
  • a quantidade de ingredientes necessários para cada preparo;
  • os elementos decorativos — toalha de mesa, jogo americano, pratos, porta-guardanapos, arranjos, entre outros.

Quanto mais informações, melhor. Outro cuidado interessante é perguntar aos convidados se há alguma restrição alimentar. Intolerantes ao glúten ou lactose, veganos e vegetarianos fazem parte dessa lista. Assim, é possível evitar situações constrangedoras na hora das refeições e agradar a todos os paladares.

3. Invista em produtos da época

Quando falamos em recepções bem elaboradas, é comum assimilar, automaticamente, esse tipo de encontro aos ingredientes caros disponíveis nos supermercados. Nada disso! Um bom chefe de cozinha também deve saber como encontrar produtos de qualidade, mas que sejam acessíveis para o seu bolso.

O segredo é investir no planejamento e elaborar um cardápio composto por produtos da época. Explicamos: quando utilizamos alimentos sazonais, conseguimos fazer uma compra por baixo custo e, ao mesmo tempo, encontramos ingredientes de altíssima qualidade, garantindo um diferencial para os pratos a serem servidos.

Fora isso, você pode se programar e ir ao mercado em períodos de promoções, encontrando itens por excelentes descontos e que podem ser usados em receitas exclusivas.

4. Mantenha tudo pré-preparado

O ato de cozinhar exige muito preparo e, claro, dedicação. Por isso, se quiser montar pratos maravilhosos e capazes levar alegria à mesa de jantar, uma dica interessante é manter os seus ingredientes já pré-preparados.

Esse truque, chamado de mise en place, é ideal para evitar atrasos na cozinha ou impedir que se esqueça de ingredientes fundamentais em cada receita.

Algumas horas antes dos seus amigos e familiares chegarem, considere lavar, cortar e reservar cada ingrediente em potinhos separados. Dessa forma, na hora de “colocar a mão na massa”, eles já estarão prontos e reservados, facilitando consideravelmente todo o processo.

Viu só? Com essas dicas de chefe de cozinha, temos certeza de que os seus encontros serão elevados a outro patamar. Aproveite para sair da rotina e desenvolver novas habilidades preparando um jantar de restaurante em casa.

Se gostou, aproveite para curtir a página no Facebook da Cyrela e fique por dentro das próximas novidades!

Você também pode gostar

Leave a Comment