Arquitetura e Design

Cozinha gourmet: o que fazer para criar um espaço gastronômico de alta qualidade dentro de casa

30/08/2019
Cozinha gourmet

De acordo com as novas tendências em arquitetura de interiores, espaços gastronômicos em casa estão em alta. 

Por isso, a cozinha gourmet vem ganhando cada vez mais destaque em propostas de decoração como um espaço que precisa ser funcional e sofisticado, para que se possa receber os amigos e desfrutar com eles ótimos momentos, ao redor de uma boa mesa.

O diferencial de uma cozinha gourmet

A cozinha gourmet se difere bastante de uma cozinha tradicional. Possui equipamentos especializados e uma configuração mais ampla, com mais opções de funções. Em muitos casos é integrada a ambientes como a sala de estar e de jantar. 

Esse espaço totalmente dedicado à culinária e à gastronomia aparece tanto no interior quanto no exterior das residências, na varanda, por exemplo. E é importante lembrar que também é usado para receber visitas. Por isso, deve permitir a interação e a troca de ideias do “chef” com seus convidados. 

Aliás, a sociabilidade é a função primeira da cozinha gourmet em casa. A ideia é criar um ambiente mais aberto e aconchegante para que o preparo dos alimentos também faça parte da descontração.

Como pensar um espaço gourmet

O projeto arquitetônico da cozinha gourmet deve levar em conta o preparo dos alimentos. 

No ambiente, será preciso mais do que bons eletrodomésticos, mas um conjunto bem variado de móveis – específicos para as refeições. Como disse Luiz Sentinger, arquiteto e urbanista, em reportagem da Zap Imóveis, “a cozinha gourmet pode ser projetada como uma ilha no centro (…), integrada à mesa de jantar”.

Além da disposição dos móveis, o arquiteto deve estar atento à iluminação da cozinha gourmet. Isso porque, para o preparo e degustação dos alimentos, é essencial um ambiente confortável, bem estruturado e também claro. 

Além dos pontos centrais, será preciso acrescentar muitas luminárias extras, como os spots. Fica bem charmoso usar pendentes caindo sobre a mesa ou bancada em ilha.

Detalhes da montagem de uma cozinha gourmet

Espaços para receber e também cozinhar precisam ser funcionais, convidativos, agradáveis e aconchegantes. Demandam uma série de acessórios, utensílios e mobiliários.

Por isso, criamos uma lista de tudo que será preciso para a montagem de uma cozinha gourmet completa dentro de casa.

Móveis

Para a composição de uma cozinha gourmet, certos itens serão obrigatórios. É imprescindível ter uma área ampla de bancada – a uma altura de 85 a 90 cm do piso. Nela, devem ficar acomodadas as cubas (as em inox apresentam ótima qualidade e deixam as cozinhas com visual mais sofisticado) e também estar embutido o fogão ou o cooktop.

A própria bancada da cozinha gourmet pode variar em altura no mesmo ambiente, assumindo um nível mais alto na zona de jantar – acompanhada de banquetas elegantes. 

Essa mudança, inclusive, pode ser marcada pela troca de materiais – como silestone para madeira, vidro ou concreto.

E é possível ter, nas proximidades, um conjunto tradicional de cadeiras e mesa com tampo a 75 cm do piso – sendo que o tipo redondo é capaz de otimizar a circulação.

Existem várias opções de armários para cozinhas gourmet feitos em madeira, MDF, inox e com portas envidraçadas – materiais nobres e que combinam entre si. O ideal é prever módulos fechados com basculantes, muitas prateleiras, gavetas e aramados e lixeiras articuladas.

Uma solução muito comum em espaços gourmet é o conceito de ilha central, em que os utensílios ficam expostos e ao alcance do “chef”.

Eletrodomésticos

Cozinhas gourmet apresentam detalhes bem sofisticados. Para acompanhar este design é importante caprichar na escolha dos eletrodomésticos.

São exemplos disso geladeira side-by-side, gaveta de aquecimento e adega. E não pode faltar a coifa com tamanho compatível com o número de bocas do fogão – o modelo cilíndrico dá um toque especial!

Outras estruturas específicas de uma cozinha gourmet

As cozinhas gourmets apresentam certas características distintas das cozinhas tradicionais. Por apresentarem uma área de planta maior, pedem comportar um número maior de equipamentos culinários. Em espaços assim, além do fogão a gás ou elétrico, podem-se instalar fogão a lenha, forno de pizza e churrasqueira, dependendo das especialidades gastronômicas preferidas pelo “chef”.

E para somar entretenimento ao espaço, uma ideia é instalar um painel com TV.

Uma paginação de piso bem projetada pode apontar cada uma destas áreas funcionais da cozinha gourmet. Uma marcação central com ladrilho hidráulico ou pastilhado, por exemplo, valorizaria a área de refeições e a divide das demais. 

Independentemente do local ou das dimensões, a cozinha gourmet é um espaço que integra não só a apreciação da boa culinária, mas também seu preparo na companhia de amigos.

Por isso, o conforto, a beleza e a funcionalidade precisam andar de mãos dadas nesse local. Assim, receber seus amigos para uma boa refeição sempre será um sucesso em sua casa!

Essas dicas de montagem de cozinha gourmet foram criadas pela equipe Viva Decora.

Você também pode gostar