Arquitetura e Design

Fitas de LED: como usá-las na decoração de ambientes residenciais, da sala de estar ao banheiro

26/09/2018

A iluminação é um dos pontos mais importantes em qualquer decoração de interiores, interferindo diretamente em como as pessoas percebem os espaços.

Sabendo disso, nos anos noventa, cientistas criaram uma forma de emissão de luz mais eficiente. Com uma tecnologia a base de diodo, as lâmpadas LED tornaram-se rapidamente uma forte tendência em espaços tanto residenciais quanto comerciais.

Em comparação com as lâmpadas incandescentes, que são de uso mais comum, as LEDs consomem menos energia e têm tempo de vida útil maior.

O mercado já disponibiliza várias opções de modelos, que permitem soluções mais criativas de projeto de iluminação para decoração de ambientes. Se você estava, justamente, pensando em uma opção “diferentona”, que tal cogitar as fitas de LED? Confira!

A tecnologia criada há quase trinta anos evoluiu. Ela chegou ao ponto de oferecer uma sequência de lâmpadas em fita. Elas são relativamente baratas, duráveis, de fácil instalação e com um alto poder de iluminância.

Usá-las na decoração faz o visual dos ambientes parecer mais moderno e diferenciado. É exatamente por isso que as LEDs têm sido tão requisitadas pelos projetistas e donos de imóveis.

As características das fitas de LED

Essas fitas, repletas de pequenas luzes de LED, podem ser encontradas em lojas especializadas em materiais elétricos.

Normalmente, são vendidas em rolos e podem ser cortadas no comprimento que o cliente quiser. Há vários tipos, com cores e potências diferentes, todas funcionando em tensão baixa. É um produto perfeito para projetos de interiores personalizados.

São tipos de fitas de LED, classificadas de acordo com as cores:

  • Branca: que emite uma luz como de uma lâmpada fluorescente;
  • Amarela: que emite uma luz como de uma lâmpada incandescente;
  • RGB: que emite uma luz três tons, vermelho, verde e azul.

“A tonalidade mais agradável é a amarelada, chamada de branco quente, pois deixa o ambiente mais confortável.” – arquiteta Nicole Gomes Azevedo, em reportagem de Revista Zap Imóveis.

“Sendo a branca melhor para visualizar as cores reais dos objetos, e a amarela melhor quando se quer uma ambientação mais aconchegante e intimista.” – arquiteta Samanta Duarte, em reportagem de Mídia MAX.

Onde aplicar as fitas de LED

Apostar na criatividade é o princípio básico para adequar a luz das lâmpadas de LED às propostas de decoração de interiores.

Como as fitas são autocolantes, isso facilita a aplicação delas em qualquer tipo de superfície. Os comerciantes, por exemplo, têm-nas colocado em vitrines e partes do interior de lojas. Mas, os arquitetos e designer as usam em detalhes especiais de decorações residenciais.

Dentro dos lares, podem-se aplicar as lâmpadas de LED em dormitórios, salas, cozinhas, banheiros e muito mais. Por apresentarem um corpo flexível, as fitas são instaladas em lugares especiais, de destaque.

Há a possibilidade de elas serem fixadas nas sancas, entre o teto e as paredes da casa. Também na borda de prateleiras e degraus de escadas. Ou então atrás de balcões e espelhos.

As possibilidades são infinitas, como se pôde perceber. Mas, daremos alguns exemplos a mais a seguir!

Dormitórios

Os planejadores de interiores podem investir em fitas de LED para enriquecer a decoração de um dormitório. Porque suas lampadinhas não possuem uma iluminação direta, nem ofuscam a visão, podem ser aplicadas nas cabeceiras das camas.

Outra ideia é colocá-las em escrivaninhas, painéis decorativos, nichos e prateleiras do closet, além de muitos outros lugares.

Salas

Em salas de jantar, estar ou home office, pontos estratégicos da decoração podem ser ornados com fitas de LED. Um exemplo são os painéis de televisão, os quadros verdes e até os cortineiros. Nas varandas abertas não é recomendado o uso, já que o material é sensível e pode queimar com a incidência de chuvas.

Cozinhas e Banheiros

As LEDs valorizam os lugares mais inusitados da casa, isso inclui cozinhas e banheiros. É comum que elas apareçam, principalmente, no teto.

Mas, nos projetos, elas podem ser vistas também ao redor dos espelhos, nas portas dos armários ou nas bancadas. E ainda podem destacar louças e outras peças de design mais diversificadas e modernas.

Como você viu, o LED na decoração é muito versátil e pode trazer muita beleza e sofisticação para diversos ambientes, basta saber escolher o lugar certo que se quer destacar e evitar exageros.

Estas dicas de uso de fitas de LED na decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Você também pode gostar