fbpx
ART & DESIGN

Ilha ou península? descubra a alternativa ideal para você

22/04/2020
Ilha ou península

Várias construtoras têm investido, nos últimos anos, em uma excelente alternativa de layout para cozinhas: a cozinha americana ou cozinha integrada. 

Pois bem, estes são modelos de cozinhas mais amplas e bem iluminadas, abertas para outros ambientes da casa – como varanda, sala de estar e sala de jantar. E para a ambientação destas cozinhas é normal a utilização de ilhas ou penínsulas.

Você saberia dizer qual destes modelos de bancada seria o ideal a ser utilizado na sua cozinha americana ou na sua cozinha integrada? Então, saiba mais sobre estas duas opções de design e arquitetura moderna no texto a seguir.

Qual a diferença?

Em certos layouts de cozinhas americanas ou de cozinhas integradas, é comum a utilização de um balcão-ilha. Este balcão serviria para dividir toda sua área aberta ao meio, separando as diferentes zonas de atividades – de um lado preparação de alimentos e de outro estar e jantar. E esta ilha ficaria “solta” na planta, ou seja, a todo o seu redor seria possível realizar a circulação de pessoas.

Raramente poderá se ouvir de um projetista de interiores a expressão “península”. É que a função das penínsulas é a mesma dos balcões-ilhas. A diferença entre estas duas estruturas está mesmo no posicionamento delas nas plantas. 

No caso das penínsulas, a bancada fará também a divisão da área da cozinha – ou da cozinha para outra área integrada – só que ficando encostada a um armário ou parede.

Ilhas, penínsulas e suas variações

O desenho de ilhas e de penínsulas de cozinhas nem sempre será igual em todos os projetos de interiores. Para cada proposta de design e de arquitetura será pensado um modelo diferente de estrutura. 

Em alguns casos, a ilha ou a península da cozinha funcionará como uma superfície extra para refeições informais. Já em outros, este ponto do ambiente é mais funcional, com vários equipamentos – como cooktop, lava-louça, e mais.

Como escolher entre ilha ou península?

Não há dúvidas de que as ilhas ou as penínsulas são alternativas muito válidas na tentativa de aproveitar melhor o espaço de cozinhas americanas ou integradas. 

Mas para que uma estrutura assim seja realmente útil e não atrapalhe a circulação de pessoas no local, será preciso um bom planejamento do espaço. Devem-se estudar com atenção, primeiro, todas as dimensões deste móvel.

Ilhas de refeições podem ter uma medida de 40 cm de profundidade e 110 cm de altura. Sua base e tampo podem ser feitos em madeira – tons escuros para ambientes sóbrios e sofisticados, e claros para simples e despojados. E é interessante que sua parte superior receba um tratamento especial de impermeabilização para prevenção de qualquer dano devido ao uso no dia-a-dia ou de exposição à umidade.

Já as penínsulas costumam apresentar outras dimensões diferentes – por exemplo, uns 60 cm de profundidade e 90 cm de altura. A ideia é criar uma bancada que comporte certos aparelhos e deixe uma margem em volta para serviços em um nível confortável para a realização dos trabalhos do cozinheiro. Nesta situação, seria melhor revestir o tampo com materiais mais resistentes e duráveis – como mármore e granito.

É preciso destacar que a base dos balcões ilha e das penínsulas pode ser construída de muitos materiais. O mais usual seria mesmo a madeira. Mas em outros casos sugere-se a criação de uma estrutura em tijolo aparente, por exemplo. 

Quando o móvel é todo feito em marcenaria, é possível prever uma série de soluções para otimizar o espaço da cozinha – tipo nichos abertos, armários e gavetões.

Em muitos projetos de cozinha é sugerida a criação de ilhas e penínsulas em níveis diferentes. Esta é uma alternativa para dar ainda mais utilidade para a estrutura. Seu visual pode ficar mais clean se todos os equipamentos com instalação prevista para o local puderem ser embutidos. E luzes pendentes sobre o tampo dariam um charme a mais ao volume e ainda ajudaria a intensificar a iluminação no cômodo.

E para você? O que parece mais adequado, ilha ou península? Independentemente da escolha, não deixe de começar o projeto dessa nova proposta para sua cozinha!

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Você também pode gostar

Leave a Comment