fbpx
BOAS-VINDAS

Afinal, é possível inovar na construção civil?

13/04/2020
inovar na construção

Residências tecnológicas já são uma realidade. Aplicativos que controlam o ar dentro do ambiente, portas acessíveis apenas por impressão digital, serviços de reparo com solicitação pelo celular… Poderíamos fazer uma lista gigantesca sobre como inovar na construção civil para tornar a sua vida mais prática e leve.

De fato, o setor tem exigido cada vez mais das organizações ligadas a ele. Principalmente, um olhar diferente sobre as necessidades das pessoas e das próprias cidades. A Cyrela tem investido mais em inovação, não só para tornar as suas construções mais eficientes do ponto de vista ambiental, mas também tecnológico, além de oferecer serviços primordiais atrelados ao imóvel, agregando valor ao negócio.

Sim, respondendo à pergunta do título desse artigo, é possível inovar na construção civil e, a seguir, você entenderá como a Cyrela tem feito isso!

A evolução da inovação na Cyrela

A Cyrela vem trabalhando há algum tempo na ideia de que construir, vender e entregar apartamentos é fundamental, mas não o suficiente para se destacar em um mercado tão competitivo. Por isso, a incorporadora tem se aproximado cada vez mais da inovação para trazer aos seus negócios maior eficácia e ir ao encontro das novas demandas da sociedade. 

O modelo de negócios que estava restrito aos processos da construção era uma peça de um quebra-cabeça de expansão. Para atingir esse próximo estágio, a empresa viu que precisava fazer mais e, desde 2016, vem colocando em prática projetos focados nas transformações do mercado.

No próximo tópico, você conhecerá algumas das práticas e investimentos tecnológicos feitos pela incorporadora.

Os pontos do processo que fazem parte da inovação

A estruturação de novas frentes de negócio tem incentivado a empresa a adotar uma cultura focada na inovação. Por isso, algumas iniciativas foram criadas e, inclusive, parte delas foram desenvolvidas dentro da própria empresa.. Conheça, a seguir, alguns desses projetos:

MITHUB

O MITHUB é um espaço de coworking mantido por grandes empresas, como a Cyrela, Duratex e Tigre, em apoio a startups ligadas ao setor de construção civil. O objetivo é impulsionar iniciativas modernas que facilitam o dia a dia dos moradores e das próprias empresas ligadas ao segmento.

Em entrevista para o NeoFeed, o diretor transformação digital, Guilherme Sawaya, destacou que, anualmente, são mapeadas de 200 a 300 startups por ano, e selecionadas as mais interessantes para serem incubadas no MITHUB. Um bom exemplo é a Fix, startup criada com o objetivo de facilitar o acesso das pessoas a serviços de manutenção e reparo doméstico, que recebeu investimento da incorporadora.

Com o auxílio de um aplicativo, o morador tem diversas opções que atendem a necessidades que surgem na moradia, desde a quebra de um eletrodoméstico até reparo da instalação elétrica.

A parceria, além de inovadora, traz agilidade para o cotidiano das pessoas, oferecendo serviços de qualidade e eficazes. A preocupação com a experiência do cliente é um dos pontos fortes da empreitada e mostra um alinhamento com uma tendência moderna, que se preocupa cada vez mais com o cliente.

Smart home

Não é só o investimento em iniciativas externas que tem feito a Cyrela se destacar no mercado. A empresa também tem buscado inovar na construção civil por meio das smart homes, que se caracterizam pela sua capacidade de executar diferentes tarefas, precisando, para isso, apenas de uma conexão com a internet.

O objetivo é usar a tecnologia a favor das pessoas que habitam o local, trazendo mais facilidade para o dia a dia delas.

Processos 

Outro ponto trabalhado diz respeito aos processos ligados a contratos entre o consumidor e a incorporadora. Os clientes têm a possibilidade de assinatura eletrônica de contratos, reduzindo o tempo dessa parte burocrática. O oferecimento desse serviço ajuda a fazer a entrega de toda a documentação ligada ao imóvel em até uma semana de prazo. 

Falando ainda sobre processos, outra etapa facilitada para o cliente é a de vistoria. Por meio do envio de um e-mail para o cliente, ele tem acesso a informações sobre a disponibilidade e, a partir disso, ele consegue fazer o agendamento online para vistoria do imóvel, no Portal do Cliente.

Concurso de ideias

A Cyrela também tem focado em adotar uma cultura de inovação interna. Por isso, ela criou o chamado Concurso de Ideias, implementado em 2019. O programa funciona da seguinte maneira: a cada três meses, a diretoria propõe aos colaboradores quatro desafios distintos, tendo como base as lacunas identificadas em determinadas áreas da empresa.

O concurso é aberto a todos os funcionários da incorporadora e envolve desde questões ligadas a melhorias até soluções inovadoras, disruptivas. A partir disso, as ideias passam por uma filtragem e, só então, são enviadas para que um comitê avalie. Se aprovado, o projeto passa a ser um protótipo e entra em validação.

Em 2019, por exemplo, 48 ideias passaram pela primeira filtragem, sendo que 20 delas foram para o comitê, que aprovou nove. Até o momento, quatro estão sendo desenvolvidas. A ideia é incentivar as equipes a pensar fora da caixa e trazer mais inovação para tal segmento de mercado.

Inovar na construção civil não é tarefa simples. Como vimos, exige um esforço de várias áreas que, interligadas, são capazes de oferecer uma experiência completamente nova ao consumidor final.

Para continuar sabendo quais novidades do setor e como isso tem sido trabalhado, assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail!

Você também pode gostar

Leave a Comment