Lifestyle

Conheça mais sobre o Instituto Cyrela e suas ações de impacto social

02/08/2019
Instituto Cyrela

Criado em 2010 pelo filantropo e empresário Elie Horn, o Instituto Cyrela acredita na possibilidade de um futuro justo e igualitário. Nascido da crença na educação e na qualificação profissional como poderosas forças emancipadoras, concentra esforços para ver surgir uma sociedade que proporcione a todos as mesmas oportunidades.

Desde a sua criação, milhares de pessoas em oito estados brasileiros já foram beneficiadas por suas ações. Conheça mais sobre o Instituto Cyrela, uma iniciativa que há anos aposta no poder do bem para transformar vidas.

O que é o Instituto Cyrela?

O Instituto Cyrela é uma organização não governamental sem fins lucrativos que acredita no poder transformador da educação. Foi criado a partir de uma proposta feita por Aron Zylberman — Diretor Executivo do Instituto — quando este ainda era consultor da área de filantropia e responsabilidade social do Grupo Cyrela.

Inicialmente, tinha como objetivo melhorar a renda e a qualidade de vida dos operários da construção civil por meio de capacitações. Hoje, o Instituto concentra a administração de todos os investimentos sociais da organização.

Além do apoio financeiro às instituições e aos projetos sociais ligados à temática da educação nas cidades em que as marcas estão presentes — como São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro —, o Instituto fomenta o voluntariado e programas de mentoria para jovens que queiram entrar para o mercado de trabalho.

“Nossa grande meta é promover o envolvimento das pessoas com causas sociais. Estamos superfelizes com os resultados. Em linhas gerais, é isso que o Instituto faz. O orçamento está ligado ao lucro da companhia — 1% do lucro vai para o Instituto, em vez de ir para os acionistas. Todos estão contribuindo para financiar o Instituto. Portanto, para fazer o bem”, explica Aron Zylberman.

Tudo isso porque o Grupo Cyrela acredita na importância da responsabilidade social corporativa, do investimento social privado e da ética empresarial para transformar o mundo em um lugar melhor. Ou, nas palavas de Zylberman, “acreditamos que fazer o bem, faz bem. Para a empresa e para a sociedade”.

Quais são os valores, a missão e a visão do Instituto?

Vivemos em uma sociedade longe de ser a ideal. O Brasil é um país gigante e complexo. Grande parte da sua população vive em situação de pobreza e extrema vulnerabilidade social.

Falta melhor distribuição de renda, mais investimento em saúde, saneamento básico, habitação, mobilidade e educação. O momento econômico em que estamos também não ajuda: hoje temos mais de 13 milhões de brasileiros desempregados, dependendo de fontes de renda instáveis.

“De fato, quando pensamos em como seria a sociedade ideal, seria uma sociedade em que todas as crianças deveriam ter acesso a uma educação de qualidade, sem nenhuma exceção, independentemente de onde nasceram, da riqueza dos pais, da cor pele, da religião, de tudo”, explica o Diretor Executivo do Instituto.

É claro que existe toda uma estrutura governamental responsável por garantir os direitos da população. No entanto, o Instituto acredita que o apoio da iniciativa privada é fundamental para mudar esse cenário. E uma das formas de romper com esse ciclo de desigualdade é garantir que todos tenham acesso à educação de qualidade e às mesmas oportunidades.

“Queremos ser agentes de transformação, por isso, arregaçamos as mangas e fazemos a nossa parte. Todo ano, 1% do lucro líquido da organização é doado ao Instituto, que seleciona os projetos sociais a serem fomentados”, completa Aron Zylberman.

Além disso, o Grupo Cyrela incentiva o engajamento dos seus parceiros, clientes e colaboradores em iniciativas de impacto para a sociedade, e respira uma cultura que acredita no poder de fazer o bem.

Qual é a importância do Instituto Cyrela?

O Instituto defende o conceito de valor compartilhado, ou seja, os investimentos sociais devem agregar valor tanto para a sociedade quanto para a organização.

“Basicamente temos duas linhas de atuação: a primeira é apoiar instituições e projetos ligados às organizações sociais e outra linha é voltada para o público interno no sentido de estimular o trabalho voluntário dos nossos colaboradores”, explica Zylberman.

Para a sociedade

É preciso investir em educação para transformar o futuro, mas não é necessário começar um projeto do zero. Já existem diversas iniciativas e organizações que desenvolvem trabalhos sérios e especializados, e que precisam apenas de apoio para continuar ofertando atendimento à população.

Assim, o papel do Instituto é fortalecer e apoiar essas organizações. Eles selecionam, fazem parcerias e financiam projetos e instituições cujos objetivos são:

  • capacitar os profissionais que estão na linha de frente dos espaços de educação primária e berçário;
  • apoiar e instruir os familiares sobre práticas educativas na primeira infância;
  • reforçar e fortalecer o ensino ofertado pelas escolas públicas, qualificando professores e equipes gestoras;
  • adequar os espaços físicos que recebem as crianças e os jovens atendidos;
  • oferecer capacitação técnica e atividades de desenvolvimento comportamental e socioemocional aos jovens que queiram ingressar no mercado de trabalho.

O Instituto acredita na efetividade das ações de médio e longo prazo, por isso investe em projetos contínuos. O foco são as iniciativas voltadas à população em situação de vulnerabilidade social nas cidades em que o Grupo Cyrela atua e que atendem um público de 0 a 24 anos.

“O setor empresarial no Brasil sofre de uma doença chamada ‘curto prazismo’. Todo mundo quer resultados fantásticos dentro de um trimestre ou um ano, e isso para nós é uma grande bobagem. Se você quer fazer transformação social, nós estamos falando décadas. Algumas organizações vamos apoiar por décadas, pois são projetos de fato de longo prazo”, explica o Diretor Executivo do Instituto.

Para a empresa

Uma das linhas de atuação da Instituição é voltada ao público interno do Grupo Cyrela: o programa Dia da Ação Voluntária. A ação acontece simultaneamente em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, e conta com a participação dos colaboradores da organização, bem como seus amigos e familiares. Só em 2018, 449 pessoas foram beneficiadas com esse projeto.

O evento anual reúne, em um único dia, todos os Voluntários Cyrela com o objetivo de fazer o bem para instituições sociais que são escolhidas por meio de votação aberta a todos os nossos colaboradores. A ação ocorre sempre no último sábado de agosto, próximo ao Dia Nacional do Voluntariado, comemorado no dia 28 do mesmo mês.

A proposta é que os funcionários escolham uma organização ou escola pública para ser beneficiada no dia do projeto. Uma comissão organizadora é formada e qualquer colaborador pode indicar uma instituição.

A adesão ao programa é muito alta e a cada ano cresce o número de participantes. O principal motivo para o sucesso da ação é o sentimento de orgulho por fazer o bem e ser parte de uma cultura organizacional que transforma a vida das pessoas.

Quer saber mais sobre o Dia da Ação Voluntária? Então, assista ao vídeo que mostra como funciona e veja o depoimento de quem participa:

Quais ações já foram desenvolvidas pelo Instituto?

Em 2018, o Instituto Cyrela reuniu quase 1.000 participações voluntárias e impactou a vida de 10.500 pessoas por meio do financiamento e apoio a mais de 51 projetos sociais. Em 2019, o trabalho continua.

Confira algumas ações já desenvolvidas pelo Instituto.

Projeto Agência Jovem

Em parceria com o Banco da Previdência, o projeto oferece o curso Tecnologias da Comunicação para jovens entre 18 e 24 anos que tenham concluído ou estejam cursando o Ensino Médio em escolas públicas.

O objetivo do curso é promover o desenvolvimento de habilidades profissionais e socioemocionais, necessárias para ingressar no mercado de trabalho e no ensino superior.

Todos Pela Educação

O Todos Pela Educação foi fundado em 2006 com o objetivo de garantir que crianças e adolescentes tenham acesso à educação básica de qualidade. 

Em 2018, em virtude das eleições presidenciais, aproveitaram a oportunidade para alavancar um debate sobre mudanças estruturantes nesta área com o projeto Educação Já!.

O resultado da iniciativa foi um documento elaborado por um grupo de 60 especialistas e instituições que aponta um conjunto de recomendações de políticas públicas educacionais. Dentre elas, o atendimento à primeira infância de maneira intersetorial (articulando educação, saúde, assistência, cultura e esporte) e as políticas de valorização dos professores (de atração da carreira, formação inicial e continuada e condições de trabalho).

Creche para todas as crianças

O programa é realizado em parceria com a Fundação Abrinq, e tem como objetivo apoiar a primeira infância por meio da qualificação dos professores com foco em práticas pedagógicas de raciocínio lógico e leitura, do fortalecimento de vínculos entre familiares e educadores e da melhoria da infraestrutura dos espaços.

A ação já impactou 2.000 crianças e foram beneficiados e reformados 41 CEIS (Centro de Educação Infantil, as antigas creches) em São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Além desses projetos, o Instituto Cyrela também apoia outras organizações, como o Instituto Liberta e o Movimento Bem Maior.

Como visto, o Instituto Cyrela acredita no poder transformador da qualidade de ensino e sonha com a possibilidade de uma sociedade mais justa e com oportunidades para todos. “Queremos ser agentes de mudanças, investimos na educação para transformar o futuro e temos orgulho de fazer o bem”, finaliza Zylberman.

Gostou desse conteúdo e quer ficar por dentro de outros conteúdos do blog? Então, assine a nossa newsletter!

Você também pode gostar