FinanciamentoSeu Imóvel

Por que usar o 13º para fazer antecipação de parcelas do seu imóvel?

15/12/2017
Por que usar o 13º para fazer antecipação de parcelas do seu imóvel?

Comprar o próprio imóvel é o sonho de muitas pessoas. Entretanto, para que seja realizado, é preciso organização financeira e disciplina por parte de quem busca esse objetivo. Nos casos de longas prestações, sem esses dois itens, dificilmente todas as parcelas serão quitadas da maneira adequada.

Sendo assim, é preciso considerar as oportunidades para acelerar o processo. Entre elas está a antecipação de parcelas. Nesse sentido, o FGTS e o 13º devem ser repensados em benefício da sua vida financeira. Já pensou em usá-los para acelerar o processo da aquisição do seu imóvel próprio? É sobre isso que falaremos agora.

Confira nossas dicas e entenda como fazer o melhor uso do seu décimo terceiro salário. Acompanhe.

Diminua a sua dívida

O fato é que quando você compra alguma coisa de maneira parcelada, você cria uma dívida que precisa ser liquidada. No caso de um imóvel, a dívida é considerável, já que muitas vezes representa o principal investimento da vida do comprador. Logo, se há uma chance de amenizar o débito, o ideal é não abrir mão da oportunidade.

Ao receber o 13º, você ganha um salário a mais, o que significa que, se normalmente você consegue pagar as parcelas de maneira pontual e ainda lidar com outros custos, usar o 13º — parcial ou integralmente — para antecipar parcelas é algo que não vai comprometer a sua renda.

Sendo assim, por que não destinar esse dinheiro para diminuir a sua dívida? Melhor ainda se você usar o valor integral. Essa pode ser uma estratégia fundamental para resolver o quanto antes a sua pendência e se tornar o proprietário oficial do apartamento.

Tenha uma estratégia para lidar com os juros

A antecipação de parcelas antes do financiamento de um imóvel apresenta vantagens, como dar ao consumidor a possibilidade de amortizar o saldo da sua dívida, o que permite amenizar o efeito dos juros que incidem sobre o valor total da propriedade.

Mas é preciso ter atenção a esse ponto: quanto mais tempo você demora para quitar a dívida, mais tempo os juros terão para evoluir, fazendo com que os seus custos sejam elevados.

Pensando especificamente nos juros, é bom saber que as construtoras e bancos (no caso de imóveis financiados) podem oferecer duas formas de antecipação para os clientes: o pagamento das parcelas seguintes ou o pagamento das parcelas finais da dívida. Em ambos os casos, também, é possível optar por pagar parte da parcela ou quitá-la em sua totalidade. Normalmente, o ideal é optar pelo pagamento das parcelas finais (aquelas que estão mais distantes), pois, dessa forma, é possível pagar menos juros — reduzindo o tempo para que eles se acumulem.

Conheça os tipos de amortização

Com a amortização, você pode diminuir o valor da prestação ou antecipá-lo. Aqui, é preciso considerar o seu perfil e a sua situação financeira, para ter certeza de fazer a melhor escolha.

De maneira geral, caso o pagamento das prestações esteja comprometendo o orçamento familiar, é mais vantajoso utilizar o 13º para diminuir o valor das prestações ou das parcelas anuais, que normalmente têm um valor mais elevado que as mensais.

Agora, em situações em que você tem uma quantidade de dinheiro guardado — e quer evitar o efeito bola de neve com a evolução dos juros —, a melhor opção é antecipar prestações inteiras, pois isso permite que você agilize o processo e se torne dono do imóvel o quanto antes.

Reconsidere seus gastos

É importante se conscientizar de que a fase da compra do imóvel é um momento especial na sua vida. Sendo assim, é preciso dar prioridade a esse investimento em relação aos demais.

Mesmo que seja interessante usar o dinheiro do 13º para outras finalidades, a tendência é que esse gasto vai apenas dificultar a sequência da sua vida financeira — a menos que sejam casos realmente vantajosos.

Por exemplo, se você pensa em fazer uma viagem para um lugar que já foi — ou se pretende trocar um eletrodoméstico na sua casa que ainda funciona —, então, talvez, esse é um bom momento de repensar a real necessidade desses gastos nesse momento de sua vida.

Pense que, ao usar o dinheiro para antecipar as parcelas, você terá benefícios claros e poderá, posteriormente, economizar um bom dinheiro para viajar ou comprar novos produtos para o apartamento novo.

Esteja mais próximo do seu sonho

Quanto antes você se tornar oficialmente proprietário do lugar, melhor. Quando isso acontecer, seus gastos serão bem menores. Por esse motivo, antecipar as parcelas é um recurso válido, pois o dinheiro gasto agora pode trazer benefícios especiais no futuro.

É por isso que o 13º representa uma oportunidade incrível. Como esse dinheiro, normalmente, não interfere nos seus gastos periódicos, é um extra que pode ser usado da maneira como você achar mais interessante.

Essa é uma forma inteligente de se aproximar da realização do seu sonho, diminuindo a distância até o pagamento da dívida e fechando um negócio que vai melhorar a sua qualidade de vida!

Evite novas pendências

Por se tratar de um período especial na sua vida, é preciso toda atenção aos gastos realizados nessa fase. No dia a dia, o consumidor recebe uma enxurrada de informações dos mais diferentes veículos de mídia, com muitas promoções e ofertas.

Nesse caso, cuidado: às vezes você pode ser seduzido para comprar o que não precisa e assim comprometer a sua vida financeira. É necessário se organizar para não chegar no fim do ano com dívidas e, dessa forma, ter de usar o 13º para quitá-las — até porque prioridades, como a educação e a saúde da família, precisam ser preservadas.

Sendo assim, a dica é ter critérios e estabelecer regras para evitar gastos desnecessários. Sabendo que você tem uma prestação a pagar, o ideal é agir com prudência e evitar outras compras menos importantes.

Todas essas dicas podem ajudar você a fazer com que os gastos com a compra da sua casa ou apartamento se tornem menos pesados para o bolso. Portanto, considere a antecipação das parcelas com o 13º e acelere o processo.

Agora que você sabe sobre antecipação de parcelas e como usar o décimo terceiro (13º) salário para melhorar as finanças, entre em contato e saiba como como podemos ajudá-lo na realização do seu sonho!

Você também pode gostar