Arquitetura e Design

Como nasce um Cyrela? Conheça os bastidores da criação do projeto de um empreendimento

26/08/2019
Projeto Cyrela: vista do Ibirapuera by YOO

A compra de um imóvel é um momento especial na vida de uma pessoa. Para que essa decisão seja a mais acertada possível, é importante se inteirar dos mínimos detalhes sobre ele, principalmente se for uma aquisição na planta, e escolher uma construtora de confiança. Um projeto Cyrela, por exemplo, só é lançado após muito estudo e, mesmo depois disso, há uma vasta pesquisa para que ele não só atenda aos padrões de qualidade, como esteja dentro das expectativas dos clientes.

Além do mais, há um diferencial na Cyrela: a busca constante por inovação. Neste artigo, você entenderá mais sobre o que é um projeto arquitetônico e qual é o caminho até um simples conceito se tornar um grande empreendimento. Não deixe de conferir!

Entenda o que é um projeto arquitetônico

Projeto Cyrela: faixada do empreendimento Heritage

Projeto arquitetônico é a materialização das ideias a respeito de um novo empreendimento, ou seja, a esquematização do conceito do imóvel que se pretende construir. Para a sua confecção, realizam-se estudos sobre como a obra ficará, o que envolve estrutura, estética e se ela será funcional.

Na fase de levantamento de dados ocorre a análise dos atributos do terreno da obra e dos seus arredores, além de serem avaliadas as necessidades, as expectativas e os desejos dos futuros moradores.

Após isso, há um estudo preliminar em que a planta do projeto é esboçada. Há, ainda, o anteprojeto em que as dimensões e os aspectos do empreendimento são estabelecidos. Também é quando se desenvolve a planta baixa dos pavimentos, da estrutura, das instalações gerais etc.

Outro ponto importante é a confecção do projeto legal, etapa que compreende a adequação às regras da prefeitura e de outras instituições governamentais. O projeto executivo, por sua vez, corresponde a um detalhamento do anteprojeto, o qual, depois de pronto, permite dar início à construção do imóvel.

Basicamente, o projeto arquitetônico é a etapa de planejamento da representação final de um empreendimento que será erguido. Ele contém plantas de cobertura, layout gráfico e planta baixa. Também costuma apresentar uma parte dedicada à implantação e outra sobre cortes e elevações superiores.

Nele também se estimam eventuais problemas de execução, a fim de garantir que a obra fique pronta dentro dos parâmetros de qualidade previamente definidos. Além disso, observa-se a estética, de modo que o edifício seja considerado visualmente agradável.

Por que é importante pensar no projeto arquitetônico?

O projeto arquitetônico serve como uma espécie de guia para a obra. “Sem ele não conseguimos executar bem um projeto”, explica Ana Luiza Giocondo, arquiteta da Cyrela. “É primordial, pois é a partir dele que desenvolvemos todo o nosso trabalho. Não existiria um prédio sem ele”, completa.

Durante a criação do projeto arquitetônico também é o momento em que se pode adicionar inovações à obra, a fim de destacá-la no mercado imobiliário e despertar o interesse de potenciais clientes. “Quando iniciamos um projeto, sempre tentamos agregar algo de novo a ele”, comenta Ana Luiza. “Tentamos trazer de fato uma inovação para o projeto, algo que se torne a sua característica”.

Em seus últimos projetos, a equipe da Cyrela tem se empenhado bastante para inovar. Inclusive, uma área de design foi criada na empresa justamente para trazer aos empreendimentos algo novo e diferente.

“As arquitetas de produto são muito engajadas na questão de fazer diferente”, explica. “Pesquisamos muito e até viajamos para fora do Brasil”.

Isso evidencia o incentivo e o investimento que a Cyrela faz para que novas ideias sejam incorporadas aos projetos arquitetônicos e, por consequência, aos empreendimentos.

“Os colaboradores do time são livres para trazer ideias legais”, ressalta a arquiteta. “Temos um caminho bem aberto para criar projetos que tenham uma cara diferente”.

Conheça o processo de criação de um projeto Cyrela

As fases de criação e execução de um projeto de um empreendimento Cyrela se sucedem como em uma espécie de “percurso”. Após a aquisição da área do terreno em que a obra será erguida, e aprovada a construção, o time de produto da empresa vai até o local escolhido, e a área das unidades é definida.

“Quando necessário, nós fazemos uma análise em conjunto com a equipe de inteligência de mercado”, explica Ariela Barbosa, também arquiteta da Cyrela.

Ela comenta que são avaliados diferentes aspectos, como, por exemplo, se a localização escolhida necessita mesmo de uma área de apartamentos e se não há carência de determinado tipo de imóveis na região, tais quais lançamentos de metragens específicas. Esses dados permitem ajustar os prédios da Cyrela conforme o mercado local.

“Feito isso, temos duas etapas de projetos: o nosso EP (Estudo Preliminar) e o nosso AP (Anteprojeto). São nelas que desenvolvemos a nossa parte de decoração, paisagismo, arquitetura e todas as disciplinas complementares, o que envolve elétrica, hidráulica, estrutura etc.”, explica Ariela. “Em paralelo a isso, nós desenvolvemos as imagens, a maquete e o restante do material de vendas”.

Devido a esse processo, quando chega o momento de lançar um empreendimento, todas essas etapas estão prontas. Após o lançamento, a equipe de engenharia e seus integrantes desenvolvem o projeto executivo até a etapa em que a obra é liberada. Em seguida, começa a construção.

“Quando eles estão desenvolvendo as áreas comuns, isto é, a parte de decoração, voltamos para acompanhar até o estágio de entrega da obra”, explica a arquiteta.

Ariela também observa que há um estágio de personalização específica de apartamentos. “Ela é feita na maioria dos empreendimentos”, pontua. Outra área da Cyrela, o Preference, é a responsável por fazer isso. A personalização geralmente acontece nos primeiros meses de construção do imóvel.

3 empreendimentos Cyrela que comprovam a qualidade dos seus projetos

Adiante, separamos três empreendimentos específicos da Cyrela que comprovam o seu cuidado e comprometimento com os seus projetos arquitetônicos. Acompanhe!

1. Cyrela by Pininfarina

Projeto Cyrela: faixada externa do empreendimento Cyrela by Pininfarina

Esse empreendimento é resultado de uma parceria com a Pininfarina, escritório italiano responsável pelo design de modelos de carros, como Ferrari, Rolls Royce e Maserati.

O empreendimento foi lançado em 2014 e entregue em 2018. Nele, se destacam o design arrojado, a estética sofisticada e a sua funcionalidade. “Ele ganhou vários prêmios mundiais”, observa Ana Luiza. Um deles é o conceituado prêmio alemão iF Design, que reúne os mais prestigiados projetos de design da atualidade.

“A Cyrela está tentando constantemente se atrelar a questões diferenciadas e de inovação, de modo que o cliente veja um valor agregado na obra”, ressalta a arquiteta.

2. One Sixty

Projeto Cyrela: faixada do empreendimento One Sixty

Esse empreendimento foi pensado em parceria com a YOO Studio, empresa de design de hotéis e residências fundada por John Hitchcox, empresário de imóveis, e Philippe Starck, designer.

“Em 2015, fomos para Londres, onde ficamos 3 meses no escritório da YOO desenvolvendo o projeto, enquanto outra parte foi desenvolvida aqui”, explica Ariela.

“Estamos preocupados em fazer algo diferente, a fim de trazer um design diferenciado para o Brasil”, comenta a arquiteta. “O diferencial são as nossas assinaturas sempre em projetos de altíssimo padrão e em imóveis de luxo”. No entanto, ela deixa claro que os demais projetos também têm sempre algo de especial. O One Sixty está previsto para ser entregue no segundo semestre de 2019.

3. Ibirapuera by YOO

Projeto Cyrela: top view do empreendimento Ibirapuera by YOO

“Esse foi um case de sucesso envolvendo um empreendimento enorme, com diversas unidades, que foi vendido em questão de duas a três semanas”, explica Ana Luiza.

O projeto, lançado em 2018, também em conjunto com a YOO Studio, foi comercializado rapidamente porque foi feito de forma diferente dos concorrentes. “Nós entendemos o quanto esse projeto foi especial”, comenta ela.

Ao todo, o complexo comporta cerca de 500 unidades, divididas em tamanhos pequenos e maiores de 240 m², de alto padrão. Também há um centro médico.

A Cyrela busca entregar as suas obras sempre diferentes umas das outras. “O trabalho acaba sendo bem interessante por conta dessa diversidade, pois nunca entregamos um projeto igual ao outro”, enfatiza. “Isso se torna interessante para a equipe, até mesmo para usarmos a nossa criatividade, justamente por nos permitirem isso”, conclui a arquiteta Ana Luiza.

Para investir em um imóvel com maior segurança, é importante conhecer bem como funciona a criação de um projeto arquitetônico até ele sair do papel. 

Nesse artigo, você aprendeu como esse processo acontece na Cyrela.

Com esse conhecimento, é possível acompanhar o processo de construção de uma obra, como um projeto Cyrela, com maior propriedade. Dessa forma, você poderá sentir mais segurança em relação a como o empreendimento ganha a forma de um imóvel, além de aguçar a sua curiosidade. 

Porque, afinal, conhecer os bastidores de como uma obra se torna realidade é muito interessante, não é mesmo?

Além do projeto, entender sobre arquitetura e design é essencial. Confira os nossos artigos especiais sobre esses dois temas e aproveite as dicas para aplicar no seu Cyrela!

Você também pode gostar