fbpx
DICAS

Psicologia Ambiental e Arquitetura: qual a relação e como impactam a nossa vida?

29/09/2020

A psicologia ambiental é uma área que estuda a inter-relação entre as ações humanas, o comportamento das pessoas e o ambiente a sua volta. Esse ambiente pode ser construído pelo homem ou pode ser natural.

Esse setor de estudos tem o intuito de compreender a interação entre as pessoas e o ambiente a sua volta. Dessa forma, é possível pensar nas alterações necessárias para promover o bem-estar.

Importância da psicologia ambiental no cotidiano

A psicologia ambiental é importante para o cotidiano das pessoas porque ajuda a reeducar hábitos e adaptar o ambiente onde há uma circulação de gente. Assim a convivência diária se torna mais agradável e confortável.

Entender essa interação e a forma como nos relacionamos com o meio a nossa volta possui vantagens como:

  • Adaptar nossos hábitos;
  • Melhorar o ambiente;
  • Trazer conforto;
  • Agregar a sensação de bem-estar;
  • Otimizar as atividades.

O objetivo desse tipo de estudo é melhorar a vida das pessoas através de alternativas para a forma que nos relacionamos com os espaços a nossa volta. Por esse motivo, é uma área essencial dentro do ramo de bem-estar.

Como aplicar a psicologia ambiental

A principal forma de aplicar a psicologia ambiental é em relação à arquitetura para adaptar o ambiente a nossa volta. Isso pode ser feito de diferentes maneiras.

O espaço físico onde estamos inseridos interfere diretamente no nosso comportamento. Um local pequeno e restrito pode modificar nossa forma de agir, por exemplo.

É importante você conhecer como essa modificação acontece para poder aplicar esse conceito no cotidiano e melhorar as interações. Por isso, vale a pena conferir algumas dicas.

Organização

A forma como a residência está organizada modifica nossa percepção de espaço. Se você se sentir em um ambiente de tamanho diferente do que realmente é, seu comportamento vai refletir essa sensação.

Por isso, a forma como nos sentimos é muito mais importante do que a real dimensão de espaço da nossa casa. Além de trazer conforto e bem-estar, isso ajuda a manter o ambiente arrumado e bonito.

Uma casa arrumada também interfere nas tarefas diárias porque torna mais ágil, dinâmico e fácil realizar qualquer atividade que seja necessário.

Móveis

Os móveis também modificam nossa percepção. Aproveitar bem o espaço disponível sem deixar vão entre uma coisa e outra, ou grandes espaços vazios é uma dica para aproveitar bem a arquitetura da casa.

Uma boa ideia para você usar os espaços é investir em moveis planejados para espaço gourmet. Isso traz uma sensação agradável para quem utiliza o ambiente.

Decoração

A decoração também interfere no nosso comportamento. Objetos decorativos ajudam a deixar o local com uma sensação leve e confortável. Além da beleza própria desse tipo de cuidado. 

Uma dica importante e bem bacana, é a de utilizar uma mesa para complementar a composição da decoração daquele cômodo, deixando-o agradável. 

Lembre-se, sempre invista em itens que agreguem qualidade de vida e funcionalidade, é aquela questão da relação custo-benefício, que deve sempre ser avaliada com atenção e muito cuidado. 

Reforma

Se um ambiente incomoda ou não permite uma boa interação, você pode fazer uma reforma completa para modificá-lo, deixando como se fosse novo. É possível fazer reforma de piso de madeira, por exemplo. Além de bonito, o local ficará renovado.

Quando fizer isso, é importante lembrar de avaliar a iluminação e a ventilação daquele ambiente. Isso é algo que interfere no conforto das pessoas que passam por ali. Um lugar escuro é desagradável. Por outro lado, um ambiente muito quente pode até fazer mal para a saúde.

Para ter esse objetivo alcançado, é possível instalar um sistema cortina de vidro.

A psicologia ambiental e a arquitetura

A psicologia ambiental é uma área específica de estudos que observam os comportamentos humanos e as interações entre as pessoas, bem como, o ambiente a sua volta. O objetivo é reeducar hábitos ou modificar espaços para melhorar essa relação e obter bem-estar.

Para isso, a principal atuação desse ramo está na arquitetura de locais como as residências, por exemplo. Ou seja, avaliar o lugar e adaptar de acordo com as necessidades daqueles moradores.

Conhecer como isso é feito permite que as pessoas melhorem o meio onde estão inseridas e passem a se relacionar de forma adequada com esse ambiente. Isso torna as atividades diárias mais fáceis e práticas, por exemplo.

A convivência fica mais confortável e essas modificações trazem bem-estar para quem circula naquele local. Por isso, a psicologia ambiental aplicada em relação à arquitetura é tão importante.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você também pode gostar

Leave a Comment