Lifestyle

Como montar seu roteiro gastronômico em SP, RJ, RS e PR

27/02/2018
roteiro gastronômico em SP, RJ, RS e PR

Nas grandes capitais brasileiras, os donos de restaurantes perceberam, já há algum tempo, a necessidade de oferecer serviços de qualidade — e alguns estabelecimentos, hoje, são dignos de notoriedade.

Nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba, por exemplo, encontramos excelentes opções gastronômicas. 

Alguns nomes já são conhecidos do grande público e outros se revelam apenas para aqueles que pesquisam a fundo as possibilidades culinárias locais.

Neste post, vamos apresentar um pequeno roteiro gastronômico em cada uma dessas capitais. Boa leitura!

São Paulo

A terra da garoa já é muito conhecida por seus incríveis restaurantes. A grande variedade de pratos de diferentes estilos e cozinhas tornou a cidade conhecida por muitos como uma capital gastronômica. Muito disso deve-se ao fato de a capital paulista ter recebido imigrantes de várias partes do mundo, de forma única no país.

Assim, conhecer São Paulo pelo paladar é como conhecer um pouco do mundo. Nas nossas dicas, você vai encontrar localidades charmosas conhecidas pela boa mesa.

Mooca

O bairro localizado na zona leste paulistana tem uma inegável raiz italiana, que se mostra de forma admirável nas cantinas e pizzarias da região. A vida noturna também costuma ser agitada na vizinhança, contando com barzinhos e hamburguerias.

Mas o traço gastronômico mais conhecido da Mooca é um evento que acontece todo mês de setembro — a Festa de San Gennaro. Com fartura de massas e regada a bastante vinho, a festividade em homenagem ao santo italiano reúne pessoas de vários cantos do país.

Vila Madalena

Esse é o bairro considerado o mais charmoso de São Paulo e, curiosamente, já foi cenário de uma novela de televisão que levava o seu nome.

O ponto forte da região é a vida noturna, além dos restaurantes com culinária de todos os tipos — desde a comida mineira até a mais alta gastronomia francesa. Bares para os mais variados gostos são uma boa pedida para quem gosta de boa comida e cerveja de qualidade.

Barra Funda

Outro bairro fundado pelos imigrantes italianos, a Barra Funda, situada na zona oeste de São Paulo, é o local onde fica o Memorial da América Latina — um dos espaços culturais mais conhecidos do país. Assim, no entorno do museu, vários restaurantes se instalaram e são ótimas opções gastronômicas depois de um evento cultural.

E não são apenas cantinas que a Barra Funda tem para oferecer aos visitantes: restaurantes gregos, japoneses e de carnes nobres estão abertos para receber os públicos mais exigentes.

Rio de Janeiro

A Cidade Maravilhosa não encanta seus turistas apenas com suas praias e belezas naturais, mas também com a boa comida.

Com uma culinária regional que tem a feijoada como carro-chefe, o Rio de Janeiro também traz opções muito interessantes para os gourmands, a exemplo da tradicional Confeitaria Colombo, que ilustra o post.

Méier

A história do Méier, bairro da zona norte do Rio de Janeiro, remete aos tempos do Brasil Império, quando houve a doação de um grande pedaço de terra feita por Dom Pedro II a um amigo de sobrenome Meyer. Hoje, a região divide-se entre um forte comércio e uma área mais residencial, que vem sendo cada vez mais valorizada.

No ano passado, a prefeitura do município instituiu o Polo Gastronômico do Alto Méier, que compreende vários estabelecimentos localizados em uma das principais ruas do bairro.

Com vocação mais boêmia, há bares tradicionais, que servem comida de boteco, e também pizzarias, restaurantes japoneses, entre outras opções culinárias.

Barra da Tijuca

O bairro da região oeste carioca foi palco da maior parte das atividades dos Jogos Olímpicos de 2016, honra que se deve à ótima infraestrutura oferecida.

Considerada uma das localidades mais modernas da cidade, a Barra é, hoje, um importante centro hoteleiro e gastronômico do Rio de Janeiro.

Uma vizinhança tão exclusiva proporciona as melhores opções para degustar deliciosos pratos e bebidas depois de uma manhã na praia.

O difícil vai ser escolher entre tantos restaurantes de comidas típicas dos mais diferentes países, localizados nas principais avenidas do bairro.

Porto Alegre

O Rio Grande do Sul é nacionalmente conhecido pelo churrasco, mas a capital gaúcha tem muito mais a oferecer! Com grande influência dos países fronteiriços — e também daqueles que fizeram parte de sua colonização —, Porto Alegre se destaca pelos prazeres da boa mesa com bastante diversidade.

Petrópolis

Tradicional bairro da capital gaúcha, Petrópolis oferece uma estrutura de conforto para seus moradores e visitantes. Ao longo da sua avenida principal — e nas imediações —, traz excelentes restaurantes, bares e padarias.

A maioria dos estabelecimentos apresenta um cardápio de carnes, mas a culinária italiana também se mostra presente em cantinas, pizzarias e em padarias, que têm muitas opções para o paladar mais exigente.

Moinhos de Vento

O bairro com nome que remete a Dom Quixote, na verdade, foi batizado dessa forma por haver ali, na época de sua fundação, moinhos instalados por imigrantes açorianos.

Atualmente, os moinhos não fazem mais parte da paisagem dessa nobre vizinhança, mas o local ainda conta com algumas de suas construções históricas ao lado de modernas edificações.

Com uma vida noturna movimentada, no Moinhos de Vento fica a chamada “Calçada da fama”, uma das ruas com os melhores bares e restaurantes da região.

Lá, é possível comer bem durante todo o dia. As cafeterias são perfeitas para aquele café da manhã especial ou para um lanche à tarde.

Os restaurantes das mais variadas culinárias vão proporcionar um almoço maravilhoso e, à noite, é possível se divertir e beber as melhores cervejas em um dos charmosos pubs.

Curitiba

Curitiba parece que nunca vai perder o título de uma das melhores capitais brasileiras para se viver. Além de contar com uma infraestrutura de primeiro mundo, a capital paranaense tem uma belíssima paisagem — com jardins bem cuidados e monumentos conservados — e ainda proporciona uma das melhores experiências gastronômicas do país.

Batel

O Batel é um bairro superlativo em sua essência, já que é considerado o melhor lugar da cidade em termos de qualidade de vida. Assim, trata-se de uma vizinhança bastante exclusiva — e os serviços encontrados lá são, de fato, superiores.

Muito conhecido pelas docerias, o Batel também conta com restaurantes italianos maravilhosos e uma vida noturna diversificada, que oferece bares com influência espanhola e indiana, por exemplo — além de um disputadíssimo rooftop, localizado no shopping da região.

A Feirinha do Batel também é digna de nota. Com opções de pratos de diversos países, vendidos em foodtrucks e barraquinhas, a feira acontece sempre aos sábados.

Juvevê

Bairro nobre de Curitiba, o Juvevê tem localização privilegiada — muito próximo ao Centro Cívico e com fácil acesso a qualquer região da cidade. Com estrutura completa, o bairro atrai pessoas de todas as idades com seu comércio selecionado e, claro, seus restaurantes.

A vocação culinária é tão grande que existe o projeto de se criar um polo gastronômico no Juvevê. É possível escolher entre bistrôs, cafés e diversificados restaurantes com influências argentina e italiana — mas ainda com o melhor da culinária brasileira.

Gostou das nossas dicas de roteiro gastronômico nessas capitais? Compartilhe este post nas redes sociais e convide seus amigos para uma refeição farta e apetitosa em alguns desses locais!

Você também pode gostar