fbpx

Saiba como escolher o tecido ideal para o seu estofado!

Decorar a casa é uma tarefa indispensável para construir ambientes confortáveis e belos. Na sala de estar, um dos pontos que merece uma atenção especial é, sem dúvida, o tecido do estofado.

Não à toa, saber escolher o melhor é importante por vários motivos, que vão desde a durabilidade até a facilidade na limpeza. Quem tem crianças e animais de estimação em casa já percebeu o quanto essas características são importantes.

Ao mesmo tempo, cuidar da harmonização do ambiente é essencial. Assim, outro ponto necessário é avaliar os projetos de decoração da casa para ter a certeza de ter feito uma boa escolha. 

Há diversas possibilidades de tecidos que podem ser aplicados em um estofado, principalmente para garantir que ele fique bonito e funcional. Para saber mais sobre eles, siga a leitura e entenda as particularidades dos modelos que escolhemos para você. 

Os principais tipos de tecidos para estofados

As características de um tipo de tecido, assim como as suas vantagens e desvantagens, são itens que devem ser considerados antes de optar por uma das alternativas mais interessantes do mercado. 

De qualquer modo, quem está considerando reformar o sofá, comprar um novo ou fazer uma locação de poltronas pode selecionar um dos tecidos a seguir:

  • Suede;
  • Veludo;
  • Sintético;
  • Jacquard.

1. Suede

O suede é um tecido bastante moderno e tem conquistado a preferência de muitos proprietários de imóveis. 

A trama desse tipo de tecido não é aparente, o que ajuda no momento da limpeza. Porém, as manchas podem surgir com facilidade, por isso, é indicado realizar uma impermeabilização de estofados para conservá-lo.

2. Veludo

Os estofados de veludo costumam ser bastante atrativos, uma vez que a sua aparência sugere conforto. O material deve ser considerado especialmente para locais frios, pois é conhecido por ser quentinho e agradável. 

No entanto, quem possui animais de estimação precisa mantê-los longe do tecido, já que um fio puxado pode prejudicar a estruturação da costura.

3. Sintético

O tecido sintético é bastante conhecido pela sua facilidade de limpeza e pela sua resistência, sendo indicado de maneira especial para pessoas que possuem alergias.

Além disso, ele harmoniza com os mais diversos tipos de decoração, e um dos seus pontos positivos é que ele não desbota, o que ajuda a manter a boa aparência com o passar do tempo. 

Outra consideração importante é que os sofás com tecido sintético costumam ficar quentes em épocas de verão, e frios no inverno, fazendo  que ele nem sempre seja uma opção vantajosa. 

4. Jacquard

O jacquard é um tecido antigo, por isso pode ser considerado um clássico. A sua principal característica é passar por uma técnica de estampagem durante a tecelagem. 

A estruturação da trama é do tipo fechada, o que evita acúmulo de sujeira em sua superfície e acaba sendo mais fácil mantê-la limpa.

No entanto, é preciso tomar cuidado com o jacquard, pois os líquidos derramados em sua superfície podem causar manchas. Por isso a impermeabilização também é indicada para esse tipo de tecido. 

Essas são algumas das opções de estofado que podem ser utilizadas com tranquilidade nos mais variados tipos de decoração. Seguindo essas dicas, a escolha daquele que mais possa agradar aos moradores pode ser feita sem erros. 

Conservando o seu estofado

Tão importante quanto escolher um bom tecido é saber cuidar dele para que a sua durabilidade seja maior. Sendo assim, é fundamental tomar alguns cuidados práticos.

O primeiro deles é a limpeza de estofados. Em geral, é possível aspirar ou passar um pano úmido, de acordo com o tipo de tecido. 

Em paralelo, outra sugestão é realizar a lavagem do sofá a seco, contratando profissionais especializados no serviço, de forma que a sujeira mais profunda possa ser removida com sucesso e sem causar danos ao tecido. 

Por fim, também é indicado manter o estofado afastado de certas áreas, como as portas e janelas, onde há forte incidência solar. Isso porque é comum que o sofá, quando exposto constantemente ao sol, sofra com desbotamento ou ressecamento do tecido. 

Com esses cuidados, é possível mantê-lo bonito e conservado por muito mais tempo, garantindo a beleza da sua decoração. 

Agora, a escolha de um bom tecido para o seu estofado só depende de você. Por isso, não deixe de considerar as vantagens e desvantagens de cada tecido, e tenha a certeza de optar pela melhor alternativa. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.