fbpx
ART & DESIGN

Decoração: tendência de cores para 2020

16/12/2019
tendência de cores

As cores estão presentes até nas coisas mais simples do cotidiano: nas ruas, nas lojas, em cada prato de refeição e, principalmente, dentro de nossas casas. 

Elas têm um papel importante no design de interiores, sendo as principais responsáveis pela decoração do ambiente e por transmitir sensações, como conforto, aconchego, felicidade, tranquilidade e relaxamento. 

Por essa razão, quando aplicada na medida e no lugar certo, as cores podem transformar qualquer espaço.

Em 2020, as cores não só pretendem modificar a decoração dos imóveis, mas também transparecer valores sociais, como sustentabilidade e discussões étnico-ambientais, que permeiam as discussões contemporâneas. 

Além disso, o novo catálogo de tonalidades tem o intuito de balancear o estresse e a cacofonia da rotina, oferecendo um ambiente agradável, especialmente para os lares.

Confira as tendências de cores para 2020 e algumas dicas de decoração!

1 – Neo Mint: a cor da tecnologia e da natureza

tendência de cores

Não só as grandes indústrias de tintas, mas também fábrica de esmalte sintético e outras empresas do ramo já estão investindo nessa nova tonalidade, que promete integrar elementos tecnológicos com a natureza.

O ano de 2020 promete grandes revoluções na tecnologia, incluindo:

  • A primeira “Olimpíadas de IA”, com Inteligência Artificial;
  • As expedições da NASA para tornar outros planetas habitáveis;
  • A construção da torre neo-futurista Jeddah Tower;
  • Os grandes avanços da ciência para preservação da natureza.

Diante de todos esses movimentos, o Neo Mint foi escolhido como a cor de 2020 para representar a tecnologia, aplicada na moda, decoração e design de interiores.

Além disso, o Neo Mint é uma cor neutra, sem gênero. É uma apelo para a libertação de todos os estereótipos impostos para homens e mulheres. 

Na decoração das casas, a sobriedade e neutralidade do tom permite a aplicação nos mais diversos cômodos, incluindo os banheiros, salas, quartos e cozinhas.

O Neo Mint também é uma ótima cor para composição de acessórios para móveis, principalmente para quem deseja um ambiente monocromático, ou tom sobre tom. 

Ele pode ser combinado com cores mais escuras, em tonalidades esverdeadas, com uma decoração minimalista. 

A proposta combina com linhas retas, formas limpas e pouco exagero, dando ênfase à funcionalidade.

Outra característica marcante do Neo Mint é a sensação de aconchego da cor. Por ter uma tonalidade mais clara, tem-se um conforto maior dentro do ambiente, como uma fuga das cores cinzentas e o monocromatismo das urbes.

2 – Padronagens disruptivas: cores e formas diferenciadas

tendência de cores

A padronagem disruptiva não é uma novidade. Mas, em 2020, o uso de linhas, formas geométricas e a aplicação de padrões assimétricos serão tendências no design de interiores.

A proposta é dar um ar mais despojado ao ambiente, rompendo com o visual clean, bem como as estampas, tecidos lisos e listras offset

Ou seja, as padronagens disruptivas buscam fugir do óbvio e, por esse motivo, são recomendadas para quem gosta de inovar e abusar da criatividade.

Embora muitas pessoas encarem a padronagem disruptiva como algo exagerado, quando bem planejada, com as cores e formas corretas, essa decoração pode ser altamente elegante e sofisticada. 

Recomenda-se a mescla entre tonalidades escuras e claras, em cores terrosas.

O equilíbrio entre o contraste de cores traz a sensação de conforto e comodidade. Desse modo, é possível combinar uma tinta epóxi na cor preta, por exemplo, em uma parede disruptiva decorada com listras assimétricas. 

Os padrões podem remeter a ideais futuristas, ou até mesmo ares nostálgicos, com uma decoração que combina o retrô e o vintage.

3 – Cores naturais e orgânicas: a questão da sustentabilidade

tendência de cores

Assim como a Neo Mint foi eleita a “cor do ano de 2020”, por integrar a tecnologia com a natureza, as tonalidades naturais e orgânicas também predominam no design de interiores para o próximo ano. 

A intenção é, novamente, remeter aos conceitos de sustentabilidade e preservação ambiental, que estão em discussão permanente nos dias de hoje.

Inclusive, fábrica de móveis sob medida e outras empresas de mobiliários estão investindo em materiais sustentáveis e recicláveis, para vender não só um artigo, mas também, uma ideia.

O azul marinho naval voltou com tudo, ainda mais porque é uma tonalidade que combina com os materiais de origem natural, como pedras, folhas, flores, bambu, fibras naturais e mármore. 

Além disso, a cor tem um aspecto mais sofisticado, tornando o ambiente glamuroso e chique.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você também pode gostar