Seu Imóvel

Vistoria do imóvel: 5 itens que você deve ficar atento

25/03/2019
Vistoria do imóvel

A vistoria do imóvel novo é o momento em que o comprador pode avaliar se tudo o que foi combinado com a construtora foi executado corretamente. Trata-se de uma etapa essencial do processo de entrega da unidade, realizada ao final da obra.

Mas para que essa avaliação seja realmente proveitosa e cumpra com o seu objetivo, é recomendável seguir alguns procedimentos. Confira neste post alguns aspectos que devem ser levados em consideração no momento de realizar a vistoria do imóvel.

1. Quando devo fazer a vistoria?

A vistoria é feita ao final da obra, quando o empreendimento está com os trabalhos concluídos, aguardando pelo Habite-se, documento fornecido pela prefeitura. A Cyrela envia um e-mail e SMS aos clientes que possuem unidades liberadas para agendar a vistoria. O agendamento é feito via Portal do Cliente e você recebe um e-mail de confirmação dele. É muito importante não perder a etapa da vistoria, pois ela é essencial para que você tenha a segurança de que seu imóvel estará em perfeitas condições quando for pegar as chaves.

2. Por que não posso vistoriar a obra sempre que desejar?

A restrição aos momentos de vistoria tem a principal função de proteger o comprador. O canteiro de obras é um ambiente que apresenta uma série de riscos, que precisam ser mitigados para o acesso de pessoas estranhas aos trabalhos. 

Por isso, a construtora estabelece momentos específicos para essa visita, quando é possível garantir a segurança do comprador. Também é bom ressaltar que a vistoria é diferente da visita coletiva, que é feita durante as obras e permite que os compradores confiram como está o andamento do empreendimento.

3. Quais itens devem ser analisados na vistoria?

A vistoria é o momento de analisar itens como a estrutura do imóvel, as suas medidas e os materiais utilizados. A Cyrela oferece aos seus clientes um checklist indicando todos os pontos que devem ser avaliados. Também é interessante levar uma câmera, ou mesmo o celular, para tirar fotos e ter registros da vistoria.

As instalações elétricas e hidráulicas, por exemplo, devem ser testadas para verificar se há equipamentos com mau funcionamento ou com algum problema referente à instalação.

Confira também se as medidas internas estão de acordo com a planta do imóvel. Verifique o nivelamento do piso, especialmente em áreas como a cozinha e o banheiro, para checar se o escoamento está correto. Pintura, revestimento e forros devem ser observados em busca de sinais de vazamentos.

Fique atento, ainda, aos chamados vícios aparentes, como vidros trincados ou bancadas riscadas. Esses problemas, caso não sejam apontados durante a vistoria do imóvel, perdem a garantia concedida gratuitamente pela construtora.

Além disso, os problemas não visíveis podem ser resolvidos pela assistência técnica, caso sejam cobertos pela garantia.

4. O que fazer caso encontre problemas no imóvel?

Durante a vistoria, você preencherá o laudo de vistoria, em que ficará registrado o estado de todas as estruturas analisadas. Esses apontamentos são checados na presença de um representante da construtora.

Identificadas inconformidades, a construtora deverá realizar todos os reparos e adequações necessárias e convidará o comprador a fazer uma nova vistoria.

5. Que tipo de imóvel pode ser vistoriado?

A vistoria do imóvel deve ser feita nas unidades compradas ainda na planta. Para os imóveis disponíveis no estoque, ou seja, adquiridos já prontos, não há possibilidade de realizar o procedimento.

Esses são os principais pontos que precisam ser considerados durante a vistoria do seu imóvel novo. Lembre-se de que, além de verificar se está tudo ok com seu novo apartamento, esse é um bom momento para tirar todas as suas dúvidas sobre a unidade.

Este conteúdo foi útil para você? Gostaria de receber mais informações sobre o mercado de imóveis? Então, acompanhe nossas redes sociais: estamos presentes no Facebook, Instagram e YouTube.

Você também pode gostar